This is default featured slide 1 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

This is default featured slide 2 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Tays Reis, da banda Vingadora, diz: 'Não tive tempo para me preparar para o sucesso'

Via: GShow

Tays Reis dança no clipe da música (Foto: Arquivo Pessoal)
Nem ela imaginava que com menos de um ano de carreira já estaria no palco do Encontro da Rede Globo, muito menos com DVD gravado e contrato assinado com uma gravadora. Tays Reis é a nova queridinha da Bahia e colhe os frutos do sucesso do hit "Paredão Metralhadora". "Não tive tempo para me preparar para este sucesso, mas estou muito feliz. Em cinco meses de carreira já estava estourada em Salvador. O meu sonho profissional é que 'Vingadora' não seja um projeto de verão. Quero que as pessoas conheçam meu trabalho com amor e carinho. Nunca tive esse sonho louco de ser cantora. Sempre tive o pé no chão", contou Tays, que largou a faculdade de Jornalismo para seguir carreira artística. 

Segundo ela, a inspiração da música "Paredão Metralhadora" nada tem a ver com violência. "A música é homenagem aos paredões de som do interior da Bahia. Fui chamada de rainha dos paredões, pois minhas outras músicas já tocavam nas festas. Minha ideia é metralhar com dança, mostrando o poder da mulher, que é uma guerreira sensual. No clipe, estamos competindo com os homens e acabamos ganhando. Minhas letras exaltam o poder das mulheres e sempre ensinam coreografias", revelou.

Confira clipe da música que é 6ª mais tocada no Brasil e a 1ª na região Nordeste nesta sexta (29), segundo informações da Agencia Connect Mix.


Associação de Moradores do Núcleo David Jorge realizará amanhã(30) quermesse beneficente em prol do Hospital São José de Herculândia.

Via: Mais Tupã

A Associação de Moradores através do seu presidente Marcelo Mussun realizará neste sabádo uma quermesse para arrecadar recursos para o Hospital São José de Herculândia. 
O evento será realizado no Salão Paroquial a partir das 19 horas, e terá como atração um show com a cantora Thaís Fonseca. 
O ex-jogador do corinthians  Tupanzinho doou uma camisa autografada que será sorteada para ajudar na arrecadação de fundos para o hospital.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

OMS convoca comitê de emergência para tratar do vírus Zika


Paula Laboissière - repórter da Agência Brasil

A diretora-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Chan, anunciou hoje (28) a criação de um comitê de emergência para tratar do vírus Zika. O grupo deve se reunir na próxima segunda-feira (1º) em Genebra para tratar, entre outros assuntos, do aumento de casos de malformações em bebês e de doenças neurológicas possivelmente associado à infecção.
De acordo com a OMS, o comitê também deve definir se a epidemia do vírus Zika constitui emergência em saúde pública de importância internacional, como aconteceu na recente epidemia de ebola detectada na África Ocidental.
Durante sessão realizada em Genebra, Margaret Chan avaliou que a situação do vírus no mundo mudou drasticamente e que o Zika, após ser detectado nas Américas em 2015, se espalha agora de forma explosiva. Até o momento, segundo a diretora-geral, 23 países já reportaram casos da doença.
“O nível de alarme é extremamente alto”, disse, em discurso. “A chegada do vírus a algumas localidades foi associada a um grande aumento no nascimento de bebês com cabeças anormalmente pequenas e casos de Síndrome de Guillain-Barré [doença neurológica que provoca fraqueza muscular e paralisia em membros do corpo]”, completou.
Ainda de acordo com a diretora-geral da OMS, uma relação causal entre o vírus Zika e casos de malformação congênita e síndromes neurológicas ainda precisa ser estabelecida, mas há uma suspeita muito forte.
“As possíveis ligações, apenas recentemente levantadas, rapidamente mudaram o perfil de risco do Zika, de uma leve ameaça a algo de proporções alarmantes. A crescente incidência de microcefalia é particularmente alarmante, já que coloca um fardo de partir o coração sobre famílias e comunidades.”
A situação é preocupante, segundo Margaret Chan, por conta de fatores como a ausência de imunidade entre a população; a falta de vacinas, tratamentos específicos e testes de diagnóstico rápido; e a possibilidade de disseminação global da doença, quando considerada a presença do mosquito Aedes aegypti em diversas partes do planeta. O mosquito é o transmissor do vírus.
“Além disso, condições associadas aos padrões de clima impostos pelo El Niño este ano devem aumentar a população de mosquito de forma significativa em diversas áreas”, alertou. “O nível de preocupação é alto, como o nível de incerteza. Perguntas não faltam. Precisamos obter algumas respostas rapidamente.”
Microcefalia no Brasil
Boletim divulgado ontem (27) pelo Ministério da Saúde confirma que 270 crianças nasceram com microcefalia por infecção congênita, mas não necessariamente pelo vírus Zika. A pasta ainda investiga 3.448 casos suspeitos. Os números são referentes a registros de outubro de 2015 a 20 de janeiro deste ano. A microcefalia pode ter como causa diversos agentes infecciosos, além do Zika, como sífilis, toxoplasmose, rubéola, citomegalovírus e herpes viral.
O governo federal anunciou ontem que 220 mil miltares vão ajudar no combate ao mosquitoAedes aegypti, responsável pela transmissão da dengue, da febre chinkungunya e do vírus Zika. Em coletiva de imprensa, o ministro da Defesa, Aldo Rebelo, informou que os homens das três Forças Armadas vão atuar em 356 municípios. “As Forças Armadas já exercem essa função auxiliar desde o primeiro momento de combate ao mosquito Aedes aegypti. Agora estamos intensificando a mobilização onde há uma incidência maior”, disse Aldo Rebelo.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Polícia investiga caso de jovem de 26 anos que está desaparecida em Tupã

Via: Tupã City

A Polícia Civil de Tupã investiga mais um caso de desaparecimento na cidade. Desta vez, a jovem Elizângela Aparecida Dias Rodrigues, de 26 anos, está sendo procurada pela família. 

Ela saiu de casa no último dia 19 dizendo que iria fazer um "bico" próximo a UPA e não mais retornou. A moça é moradora na Rua Projetada A, na COHAB João Paulo II, em Tupã. 

De acordo com o irmão da vítima, Welinson Ricardo Dias Rodrigues, a família está desesperada em busca de informações do paradeiro de Elisângela, que desapareceu deixando duas filhas, uma de 8 anos e outra de 7 anos. 

Welinson disse que o fato já está sendo investigado pela DIG – Delegacia de Investigações Gerais. O irmão, que mora em João Ramalho com a mãe de Elizângela, comentou ainda que há poucos dias esteve em Tupã passando uns dias na casa da irmã, e que em nenhum momento notou qualquer comportamento estranho. 

Segundo informações, Elizângela trajava um short vermelho e uma blusa florida. Quem tiver informações sobre o paradeiro da mulher pode entrar em contato com Welinson pelo telefone (18) 99789 8655 ou com a polícia.